De Santiago do Chile ao Valle Nevado- Como chegar

Você quer brincar na neve?
Você quer brincar na neve?

Como saímos do Deserto do Atacama num domingo decidimos dormir duas noites em Santiago e partir para o Valle Nevado na terça-feira. Confesso que essa decisão se deu mais porque não descobri como reservar, direto do site do Valle Nevado, a hospedagem começando na segunda-feira, do que por qualquer outro motivo, mas, no final das contas, essa “decisão” se demonstrou uma ótima! 😀

Isso porque o Inverno de 2015 “atrasou” e resolveu justamente aparecer no final de semana antes de nós chegarmos. Ou seja, a estrada para o Valle Nevado ficou fechada de sábado até terça-feira, dia que iniciaria nossa estadia, e ninguém subia ou descia.

Assim, passamos a nossa segunda-feira em Santiago tentando descobrir alguma empresa que fizesse o trajeto  até o Valle Nevado. Fomos em todas as empresas normalmente recomendadas (Turistik e SnowTours)  mas nenhuma delas estava dando certeza se faria a subida para o Valle Nevado na terça-feira, dia que iniciava a nossa estadia.

No fim das contas a estrada abriu e todo mundo pode brincar na neve! :P
No fim das contas a estrada abriu e todo mundo pode brincar na neve! 😛

Além disso, a grande maioria das empresas vendem um passeio bate e volta ao Valle, então na prática, teríamos que comprar um “bate e volta” de ida e mais um passeio de “bate e volta” para o retorno, já que nossos lugares precisariam ficar “reservados” independentemente de irmos/voltarmos ou não

Para a nossa sorte, nas sobrelojas do prédio que ficamos hospedados, havia uma pequena agência de viagens, daquelas que você não leva muita fé, e resolvi perguntar se eles não conheciam alguém que fizesse o trajeto. Para nossa sorte eles indicaram um motorista/guia, o Pedro, que poderia nos levar na terça-feira. O valor ida e volta (agosto de 2015) foi de $ 95.000,00 (noventa e cinco mil pesos).

Apesar do preço meio salgado, resolvemos contratar o trajeto de ida e volta, e foi a melhor coisa que poderíamos ter feito.

As malditas cadenas... :P
As malditas cadenas… 😛 O Dé tb pôs a mão na massa…eu colaborei fotografando!

A subida para o Valle Nevado é meio tensa, e apesar de ser relativamente perto de Santiago, a viagem precisava ser feita com muita calma,  já que são muitas curvas para chegar até lá. Como havia nevado muito na véspera, você só podia subir com correntes das rodas (que é um saco de colocar, convenhamos) e passamos por uma van da empresa Turistik “encalhada” na neve no meio do caminho…o que deve ter sido meio tenso para quem estava dentro, já que as curvas são bem fechadas e íngremes. Eu que não sou muito de enjoar confesso que dei uma “mareada”. No final das contas, já estava até achando barato o transfer! 😛

O Pedro foi bastante atencioso, chegou no horário combinado, dirigiu com cautela todo o trajeto, tanto na ida, quanto na volta, e recomendo fortemente o serviço. O carro (que é aquele da foto, e vou ficar devendo o nome, mas a marca acho que é Kia 😛 ) era novo, limpo e espaçoso, viajamos bem confortáveis.

Tanto que a nossa ida para o aeroporto, na volta para casa, combinamos com ele também, e também não tivemos problemas. Como acabei perdendo minha agenda do telefone, fiquei sem o número do Pedro do Whatsapp, mas achei essa página para contato na internet: http://chiletoursandtravel.wixsite.com/chile-tours-y-travel e a página do facebook.

3 comentários sobre “De Santiago do Chile ao Valle Nevado- Como chegar

  1. Pingback: Valle Nevado- Vale a pena se hospedar? Nossas impressões – De Boa na Viagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s