A política do blog: Os relatos de viagem

Capa Blog

Oi pessoal!

Desde que comecei a contar as andanças que faço por aqui estou querendo escrever esse post! Aproveitando o frio que faz em Porto Alegre hoje, enfim, ele saiu! 😛

Antes mesmo de saber que era gente, eu sabia uma coisa: que eu queria conhecer o mundo! Sabe aquela brincadeira de criança de “diz um país com a letra H! Agora com a letra R!”…então, eu era Rainha daquele jogo…tanto que muitas vezes fui acusada pelos amigos de inventar países, como o Zimbábue! 😀

Olha o Zimbábue aí minha gente...perto de Botswana (que tb era o nome de uma tartaruga conhecida) e do Zâmbia! Eu disse...
Olha o Zimbábue aí minha gente…perto de Botswana (que tb era o nome de uma tartaruga conhecida) e do Zâmbia! Eu disse…

Sempre amei história e não só aquela dos livros do colégio, mas aquelas que as pessoas me contavam. Quando essas histórias eram do além mar então…era um deleite!

Como na minha infância internet era coisa rara, as informações que eu tinha do mundo ou vinham da exploração do Atlas, ou era buscadas na Barsa, digamos, assim, um avô do Google!

Pessoas Barsa...Barsa pessoas!
Pessoas Barsa…Barsa pessoas!

Como todos que nasceram nos anos 80 bem sabem, viajar era um luxo para poucos e cada viagem nacional, seja de ônibus, carro ou avião, tinha que ser muito bem planejada e parcelada em muuuuitas vezes no cartão de uma família de classe média. Viagem internacional só para quem tinha muito dinheiro ou então tinha que fazer um verdadeiro financiamento da “casa própria” para pagar.

money-bags-saco-dinheiro4

Lembro do Boom das viagens para a Disney, com a Tia Iara… eu ligava para as agências, pedia mil informações, folhetos informativos, treinava frases em inglês, guardava mesada, fazia campanha na família (não tinha facebook minha gente!), mas não rolava $$$ … 😀

Então querendo ver o mundo, decidi ser diplomata. Desisti quando descobri que diplomatas ficavam mais parados do que viajando. 😛

Conheci o Dé, que também fora picado pelo bichinho da viagem, entrei na faculdade, comecei a trabalhar e eis que um mundo de possibilidades se abriu!

Loves in the air!
Loves in the air! 🙂

Com a melhora da vida no Brasil, a concorrência entre as novas (e velhas) companhias aéreas, e a internet bombando (sim, eu ❤ a internet, eu ❤ o Google!) viajar se tornou mais acessível para todos nós “pobres latinos americanos, sem parentes importantes, e vindos do interior”.

Tirem suas malas do armário!!!  :D :D
Tirem suas malas do armário!!! 😀 😀

Hoje sou uma feliz advogada, pós-graduada em direito urbanístico e ambiental, casada com aquele mesmo André, também conhecido com Dé, Deco ou Pessoa.

Viajo e escrevo no blog por pura opção e prazer. O que “recebo” com isso é cada vez mais “companheiros” de viagem!

Tipo isso!
Tipo isso!

Nossa primeira trip “internacional” foi um mochilão de 30 dias, todo organizado com dicas de outros viajantes, entre Argentina e Chile. Sem muitos recursos, fizemos trekking de 05 dias no Parque Torres de Paines; caminhamos em Glaciares; vimos neve; pedalamos quilômetros; fizemos amigos de todas as partes do mundo; rimos; bebemos; comemos; ouvimos e voltamos com um profundo respeito pelo mundo, pela natureza; e com muitas histórias para contar…

Desde lá já carimbamos o passaporte em mais de 15 países mundo a fora, além das voltinhas pelo Brasil, e sem nenhuma vontade de parar!

#partiu!
#partiu!

Com os relatos que faço aqui, espero colaborar e retribuir um pouco o tanto das dicas que pego de outros apaixonados por viagem como eu, como numa grande corrente do bem; Porque para mim a clássica frase nunca fez tanto sentido: Viajar é a única coisa que você “compra” que te faz mais rico!

;)
😉

Bjos

Carol

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s