Orçamento do casamento = os valores cobrados pelo bolo X desespero da noiva

Sabe aquele dia em que bate um desânimo e dá vontade de desistir de tudo e socar o fornecedor que te dá um orçamento completamente absurdo com a maior naturalidade (Carol na TPM)??? Não?!?!?! 😮 estressada

Se esse dia não chegou para você, minha amiga, não se preocupe ele vai chegar! 😀 😀 😀

Pois bem, quando decidimos casar (leia a história aqui) eu sabia que casamento é uma coisa cara. Sabia que teríamos que abrir mão de ouras cositas para fazer a festa.  Mas confesso que não pensei que essa busca pelo fornecedor justo pudesse ser tão complicada e cansativa.

Confesso que eu já previa que isso poderia acontecer. Tanto que antes de sair orçando adoidadamente serviços por aí, resolvemos contar para as pessoas mais próximas que iríamos casar…assim, não corríamos o risco de desistir! 🙂

Aliás, esse é uma frase que tenho repetido nos últimos dias: “Só não desisto, porque contei para todo mundo!” hehehehe

Bem, mas situando o momento de fúria: tudo começou com a história do bendito bolo de casamento. Eu não sou uma boleira profissional, nunca trabalhei em confeitaria, mas tipo assim, eu sei fazer um bolo. Logo sei, mais ou menos, o quanto se gasta na confecção de um bolo em sua essência (massa, recheio e etc).

Ok, ok, eu sei que um bolo de casamento não é um simples bolo, já que tem toda a decoração, pasta americana, etc, etc, mais ainda assim não deixa de ser um bolo. E no meu caso, ainda, eu encasquetei que queria um naked cake, que nada mais é do que um bolo sem a pasta americana, o mais natural possível, com frutinhas decorando.

O bonito do naked cake aí... :)
Olha o bonito do naked cake aí… 🙂

E aí começou o estresse. Primeiro porque como você vai convencer o seu noivo (que no meu caso não gosta de bolo) que um bolo para 80 pessoas custa mais de R$ 1.000,00? Como vai se auto-convencer de uma coisa dessas? 🙂 🙂

O problema não é o bolo em si (sorry boleiras do meu Brasil), mas sim a indústria que se formou entorno do tema “casamento”.  Você quer um bolo pro seu aniversário? O preço é X. Você quer um bolo pro seu casamento? O preço é 5 vezes X.

Isso porque o mercado de uns anos para cá, dentro dessa ótica consumista que vivemos, começou impor uma série de coisas que “tem que ter” num casamento.

Tem que ter bolo, tem que ter bem-casado, tem que ter um monte de flores, tem que ter lembrancinha, tem que ter arranjo no banheiro, tem que ter caixinha com um monte de coisas no banheiro e por aí vai.

Aqui por casa resolvemos esse problema de uma maneira simples: é proibido falar “tem que ter”. Aliás, aplicamos essas regras a todo mundo: pais, mães, irmãos, padrinhos, cachorro e papagaio.

Acho que a grande dica, que é clichê, mas se agarre nela nos momentos de desespero 🙂 , é que você tem que se focar naquilo que realmente é importante para você, que nada mais é do que o tal do “seu sonho” que a minha cerimonialista tanto se refere.

Eu nunca tive o sonho de casar, mas sei o que para MIM é importante numa festa (fotos, comida, bebida, convidados queridos). Se o seu sonho é o bolo, vai sem medo de ser feliz no bolo. Se o seu foco é o vestido, invista no vestido. Se você quer uma maquiador da Gisele Bündchen, beleza, invista seu orçamento nisso. Mas não entre na neurose do “tem que ter”…senão você vai acabar ou frustada ou endividada e começar a vida de casado endividada por causa da festa de casamento, definitivamente, não é o tipo de estresse que valha a pena ter.

Ah, e quanto ao meu bolo… ainda não decidimos se vai ter ou não…quem sabe não trocamos por algo mais criativo, mais em conta… E aí, alguém tem alguma sugestão! 🙂 😉

11 comentários sobre “Orçamento do casamento = os valores cobrados pelo bolo X desespero da noiva

  1. Pingback: A volta dos posts sobre casamento- E mais umas reflexões sobre o “tem que ter” | Carol na Web

  2. Érica

    A-D-O-R-E-I!!!! Tava doida pra achar um blog de noivas de Floripa. Tb caso na cidade em maio de 2015 e de verdade, to Surtando!! E “Só não desisto pq contei pra todo mundo”!!! Colega Tamo Junto!

  3. Nay

    Você já viu aqueles bolos fakes? Achei eles lindos, mas estou resiosa, por causa desse “tem que ter” pois todos dizem que ter a tradição de cortar o bolo. Se bem que eu não estou preocupada em cortar o bolo…Rsrsrs, vi tantos videos de como fazer esse esse tipo de bolo, e estou tentada a fazer.

    1. Oi Nay!

      Então, já vi uns bolos fake bem bacanas tb, que você nem diz que é de mentira…mas o meu noivo não curte a ideia, então tenho que ir atrás de um bolo verdadeiro mesmo hehehehehe 😛 🙂
      Algumas confeitarias oferecem a possibilidade de fazer a camada de baixo verdadeira e as de cima falsas, o que deixa o bolo mais barato.
      Outra opção, se você quiser manter a ideia do bolo 100% fake é tirar a foto “fingindo” que está cortando o bolo fake mesmo! huhauahuahuaha Aí ninguém te incomoda por não ter a bendita foto cortando o bolo! 😀
      Bjinhos

  4. Silvana

    Ainda não cheguei na parte do orçamento do bolo, mas o cara de um dos buffets que eu pesquisei me falou que agora eles fazem uma fatia maior de bolo de verdade só pra vc cortar com a espátula e o resto da cirfunferência é fake. E então na cozinha eles servem nos pratinhos as fatias reais do bolo, que não precisa ser enfeitado junto com uma bola de sorteve. Pode ser até uma nega maluca caprichada se vc acha que vai agradar seus convidados 😉 Achei boa ideia Bj Carol!

    1. Oi Silvana!

      Essa é uma boa ideia mesmo e a maioria das noivas optam por esse modelo. Só que o noivo tinha encasquetado que não queria nada “falso” no casório… hehehehehe

      O jeito foi pesquisar desesperadamente por um bolo dentro do orçamento!

      Bjos e obrigada pela dica!

  5. Talita Basso

    Bom dia Carol. Adorei seu site e seus comentários sobre seu casamento, pois mesmo que eu não vs casar tão logo sou de Floripa e é sempre bom conhecer lugares bonitos na cidade. E eu e meu namorado querermos ou praia ou acesso a praia, e achei lindo o hotel que você escolheu. Vi em uma foto o seu menu para o jantsr, adorei as opções e gostaria de saber ( ou você fazer um post) sobre o buffet que você escolheu, foi tudo finger food? Uns falam que isso não é o mais barato, mas eu adorei a ideia por nao querer casar com todos os “tem que ter” tradicional como você disse. Agradeceria sua resposta!

    1. Oi Talita!

      Que bom que você gostou do blog!!! Volte sempre que quiser! Fiz o meu buffet parte finger food, mas como a minha festa foi longa optamos por servir depois de um certo horário ilhas de alimentação. Vou falar disso nos próximos posts com mais detalhes! Bjos

  6. Leila

    Oi Carol. Estou adorando seu blog. Pretendo casar em Floripa no fim de 2016. Já comecei a fazer orçamentos de hotéis beira-mar. você poderia me dizer quantos convidados tinha a sua festa e uma média do valor total gasto no casamento? Bjs e obrigada.

    1. Oi Leila! Minha festa tinha 135 convidados presentes, contando crianças. Fiz um post falando dos custos e orçamentos. Dá uma olhada lá, que acho que vai te ajudar a ter uma ideia! 🙂 Bjos

  7. Pingback: O que deu certo: Os doces e o bolo !!! :) :) | Carol na Web

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s