FLORIANÓPOLIS- A escolha do local do Casamento parte 02: Enfim encontramos!!!

Destino-para-casamento-em-resort-hotel(1)

Seguindo na busca do local do casamento, dentro da nossa ideia de encontrar um hotel bacana, à beira-mar, chegamos a mais dois hotéis em Floripa que poderiam realizar a nossa festança!

Hotéis Porto Sol

Hotel Porto Sol- Beach
Hotel Porto Sol- Beach

Foi por meio da internet que cheguei a essa rede de hotéis, sendo que um dos hotéis fica na Praia dos Ingleses e o outro na Praia de Cachoeira do Bom Jesus, ambos no norte da Ilha.  Não cheguei a visitar pessoalmente, porque nesse meio tempo acabei achando o Hotel que viemos a fechar, mas segue alguns pontos que observei quando da pesquisa:

Vantagens: O hotel de Cachoeira do Bom Jesus (Porto Sol Beach) fica à beira-mar e tem 90 apartamentos. A faixa de areia existente na frente do hotel não foi afetada pela mudança das marés, o que ocorreu em outras Praias da região, como Ponta das Canas.  Ao que tudo indica, o hotel tem experiência em fazer casamentos e, embora tenham demorado um pouco para responder meus emails, me encaminharam orçamento detalhado dos serviços que o hotel oferece para festa, inclusive com sugestão de cardápio (buffet), o qual, confesso, achei má o menos. 🙂

O hotel oferece estrutura de lazer, com piscinas, sala de jogos, parquinho para as crianças, etc.

img2

photos_eventosG1

Desvantagens: O Hotel cobra o aluguel do salão e taxa de rolha de R$ 22,00 por garrafa de espumante ou vinho que vc levar.  Eu sei que normalmente os restaurantes e hotéis adotam essa política (não que eu concorde com ela…os valores cobrados muitas vezes são abusivos), mas, para o meu caso, esse foi um dos fatores que determinaram a escolha do nosso hotel: não havia a cobrança da tal taxa. Ainda, a festa precisava terminar a meia-noite e o cardápio não me “encheu os olhos” à primeira vista (e fez salivar a boca) , o que me desanimou um pouco.

Além disso, o orçamento tinha tantos “extras” que me deixou um pouco insegura do quanto exatamente eu estaria contratando (ex. cardápio por pessoa R$ 62,00 + 10% do serviço; se tivesse bebida x + y+z liberada por duas horas (tempo do jantar) o preço era de R$ 20,00 a mais por convidado mais taxa de 10% de serviço; se a bebida fosse a +b+ c+d, era de R$40,00 por duas horas+ 10% de serviço… cada bebida extra era de X R$ e assim ia… haja matemática!!! :)).

Assim, embora o valor cobrado pelo jantar fosse bastante competitivo a primeira vista, somando todos esses detalhes (taxas de rolha, valor da bebida alcoólica e não alcoólica que não estava incluída, aluguel do salão, taxa de serviço, etc e etc) , o valor cobrado acabava se equiparando com os outros hotéis que havíamos pesquisado.

O restaurante tem capacidade para até 300 pessoas
O restaurante tem capacidade para até 300 pessoas

Aliás, nesses momentos, vale a pena sentar com calma e colocar na ponta do lápis (ou do excel) tudo o que está sendo cobrado, fazendo uma perspectiva do pior cenário possível. Isso vai fazer com que vc tenha uma ideia realista de quanto vai sair a festa, vai ajudar no momento da escolha do local, evitando sustos na hora de pagar a conta.

Ainda, a diária cobrada para os convidados era um tanto mais cara que o Hotel que escolhemos, sendo que me pareceu que eles não teriam muito mais vantagens em relação ao hotel de Ponta das Canas…

Hotéis Costa Norte 

hoteis
Hotel de Ingleses e Hotel de Ponta das Canas

O nosso Hotel!!! 🙂 🙂 🙂 🙂

A rede possui dois hotéis: um localizado em Ponta das Canas e o outro na Praia dos Ingleses. No caso do hotel da Praia dos Ingleses, que é pé-na-areia, somente são realizados casamento nos meses de Junho e Agosto e este costuma receber festas menores, pois o salão não é muito grande. No caso do Hotel de Ponta das Canas, este atende o ano todo, com exceção dos meses de janeiro e fevereiro e comporta até 300 convidados.

Vantagens: O Hotel tem larga experiência na organização de festas de casamento, sendo que o restaurante nos foi muito bem recomendado.  Os hotel conta com 55 quartos, todos reformados e com boa estrutura (ar condicionado, televisão, camas novas, etc) e excelente qualificação no TripAdvisor. As suítes “superior vista mar” tem uma linda vista da praia.

:)
Suíte Superior Vista Mar

O restaurante não cobra a rolha por espumantes, vinhos e whisky trazidos pelos noivos, e nos apresentou uma sugestão de cardápio mais do que digna, o que, para nós, teve peso muito grande na escolha.

casamento41
Restaurante já pronto para um casório! 🙂

Além disso, o hotel nos tem surpreendido pelo atendimento sempre rápido, atencioso e flexível, adaptando-se as nossas necessidades (de pagamento, de cardápio, de estilo de festa… 🙂 ), tanto do seu comercial (procure a Ângela, a simpática e prestativa gerente comercial do hotel), quanto do pessoal das Reservas e Restaurante.

O hotel conta, ainda, com uma boa estrutura de lazer (piscina térmica, jacuzzi, sauna, etc), além de elevador, gerador e uma sala que pode ser usada como salão de beleza para os convidados do evento, o que também foi decisivo na nossa escolha.

Beleza! :)
Queeee beleza! 🙂

Recentemente passou por uma reforma na área do restaurante (troca de piso etc.), mas o resultado na prática ainda não pude conferir, pois quando estive no hotel depois da reforma estava rolando um casamento.

O próprio Hotel fornece mesas, cadeiras e louças, mediante pagamento de uma taxa a cada 50 pessoas, inclusive para os itens que você pode levar, como gelo para whisky, baldes e taças de espumante, etc.

Dependendo do número de convidados que se hospedarem no hotel, vc não paga a taxa de aluguel do salão, o que pode ser uma boa ajuda no orçamento. 😉

Desvantagens: O mar de Ponta das Canas foi atingido pela mudança de maré que aconteceu na região. Assim, a faixa de areia existente na frente do hotel já não existe mais, sendo que com isso a festa perde um pouco aquela característica pé-na-areia, já que a faixa de areia fica a uns 400 metros do hotel. Contudo, o hotel apresenta um bonito deque de madeira voltado para a praia, com piscina e jacuzzi e a vista do mar ao fundo é maravilhosa. Nos dias de maré baixa eu não veria problema em dar um mergulho direto do deque para o mar, ou então caminhar até faixa de areia e usufruir do serviço de praia que o hotel oferece, mesmo sendo a praia longe da sede.  Além disso, os hóspedes do Hotel podem aproveitar o serviço de praia de ambas as unidades, então se você quiser pode ir curtir o mar nos Ingleses, sem problemas!

O deque!!
O deque!!

O deque de madeira não apresenta cobertura então se você quiser usá-lo independentemente do tempo é recomendável alugar um toldo e para isso o Hotel tem um fornecedor exclusivo. Além disso, deque é deque, e as frestas da madeira podem incomodar algumas convidadas com salto muito fino, então talvez vc tenha que considerar no orçamento também a colocação de um tablado.

casamento21
Deque com tablado e toldo: Que chiquê!!! 🙂

Ainda,  há horário limitado para o término da Festa (duas horas da manhã), isso em virtude dos vizinhos do Hotel, sendo que a partir da meia noite o som precisa ser reduzido. Aliás, essa é prática corriqueira em todos os hotéis que realizam eventos na Ilha, então se o seu estilo for baladas até altas horas, considere alugar uma casa de festas e não um Hotel.

Por fim, o Hotel tem uma lista “negra” de profissionais que não podem atuar nas suas dependências. Isso decorre de problemas enfrentados com esses profissionais, o que, para mim, não é incômodo nenhum, já que a última coisa que vou querer é um profissional problemático atuando no meu casamento… 🙂 mas se vc faz muita questão de um determinado DJ, por exemplo, vale a pena confirmar com o pessoal antes de fechar negócio.

Quanto aos quartos, já contei aqui que sou meio neurótica com essa história de banheiro, e embora o banheiro dos quartos tenha um bom tamanho e estrutura e tenham me parecido bem limpos quando visitei todos os tipos de suíte (sim, se não fossem limpos, meu casório definitivamente não seria lá!),  a louça é escura…mas como eu disse, isso é uma loucura minha de não gostar de louça escura no banheiro! 🙂

Como eu disse no começo do post o Costa Norte Ponta das Canas foi a nossa escolha. Esse foi o nosso primeiro contrato firmado e, talvez um dos mais importantes, e por enquanto, nosso relacionamento com o hotel  tem transcorrido sem problemas. Falta menos de 9 meses para o casório (uhuuuuu!!!) e a medida que as coisas forem acontecendo vou postando por aqui, os percalços e as alegrias, para irmos acompanhando juntos essa aventura até o altar! Bjos e até a próxima! 🙂

24 comentários sobre “FLORIANÓPOLIS- A escolha do local do Casamento parte 02: Enfim encontramos!!!

  1. Pingback: Cerimonialista- A procura e a escolha! (e itens que eu acho interessante perguntar!) :) | Carol na Web

  2. andreya seiffert

    nossa, tô nessa mesma luta pra conseguir um lugar legal a beira-mar pro casório. estávamos quase fechando com o costa-norte, mas aí uma pessoa que tinha uma pré-reserva resolveu ficar mesmo com a data 😦 agora não sei se caso em agosto no costa-norte ou se tento achar outro lugar. enfim, seu casamento vai ser mara lá!

    1. Oi Andreya!

      Obrigada pelas vibrações positivas! 🙂

      Que pena que você não conseguiu a data que queria! No blog há um post sobre outros Hotéis que me pareceram bacanas em Floripa quando eu estava procurando… dá uma olhada para ver se algum te interessa!

      Quanto ao mês de agosto, só não esquece que costuma fazer bastante frio nessa época em Floripa…de repente você pode investir em aquecedores de ambiente externo, para poder aproveitar bastante a área do Deque! 😉

      Boa sorte para ti e volte sempre a me visitar!
      Bjos

  3. andreya seiffert

    é, estou visitando mais lugares, mas sabe como é, quando apaixona por um, os outros todos parecem sem-graça haha

  4. Ana Bonini

    Carol … Estou indo para o Brasil agora dia 27 e vou visitar o Costa Norte e a Pousada dos Sonhos e tentar negociar um precinho camarada por lá… Eu só tenho uma dúvida, gostaria de saber como foi o combinado com o hotel Costa Norte no assunto dos quartos? (Como vc mesma disse, q eles não cobram o salão com um número “x” de quartos reservados)… Como vc vai fazer? Vai pagar para o hotel o número “x” de quartos e não cobrar as 2 diárias dos convidados? Oooouu se for cobrar, como contar para os convidados que eles terão que pagar a estadia mas de uma maneira educada e sem constrangimentos?
    Espero q de tudo certo no seu casamento e que vocês sejam felizes para sempre. beijos

    1. Oi Ana!!!

      Fiquei sumida do blog, com a proximidade do casamento não consegui tocar tudo, e só vi teu recado agora! Sorry!

      Mas como meu casamento já passou posso te dizer na prática como tudo funcionou e o que deu certo ou não! 🙂

      Não paguei para os meus convidados a estadia, até porque isso inviabilizaria o casamento ($$$), mas desde o começo dos preparativos deixamos isso bem claro para todos e avisamos com antecedência sobre os nossos planos exatamente para que o pessoal pudesse se organizar.

      E mais. No caso do nosso casamento, como era um feriado, o pessoal que ficasse no hotel teria que topar ficar o feriado todo (o que eram 3 diárias).

      Para minha surpresa, não tive NENHUM problema em relação a isso. Todo o pessoal entendeu e entrou no clima de casamento de feriado na praia…

      O pessoal que tinha menos grana, com o tempo se organizou, e só tivemos as pessoas mais queridas e que, de fato, queriam estar conosco nesse dia especial. Óbvio que tivemos algumas baixas e virtude da distância e da questão financeira, mas foi mínima.

      Tanto que tivemos quase 100% do hotel reservado… e as desistências que tivemos de última hora foi por motivo de força maior e as pessoas já haviam pago o sinal… Não arcamos com nenhuma diária além das nossas.

      Quem não podia ir o feriado todo, acabou conseguindo outros hotéis na região, que aceitavam só uma diária..

      No final das contas tivemos uma festa linda e do tamanho que queríamos! 🙂

      Acho que o caminho correto para esse caso é ser sincera com os teus convidados e avisar o quanto antes.
      Nesse dia você quer as pessoas que realmente se importam com você, correto? E é natural que se tenha mais intimidade com essas pessoas. Então com certeza se elas tem esse carinho por vocês não vão se ofender por vocês não pagarem estadia.

      Espero que tenha dado tudo certo pra você na sua viagem.

      Vem depois nos contar como andam os preparativos e não perde que vou atualizar o blog com as notícias do casório.

      Bjos grandes

      Carol

  5. me metendo na história, a pousada dos sonhos é bem salgadinha! meu noivo e eu não vamos pagar a hospedagem dos convidados, então o que fizemos foi montar um blog de casamento (tem sites tbm, mas em geral eles cobram uma taxa) e colocamos lá: vamos casar no hotel costa norte dia 30/08, para aqueles que quiserem se hospedar lá a tarifa é tanto. aí deixa livre, a pessoa pode se hospedar lá ou então procurar outro local (mas nossos parentes vão ficar todos lá, pela comodidade de não precisar se deslocar depois da festa). espero ter ajudado, beijos!

    1. Oie!

      Então, a ideia do blog é legal mesmo. Como disse para a Ana, acho que a chave para não ofender, ou pegar de surpresa, ninguém é deixar bem claro o quanto antes que cada um paga a sua hospedagem.

      Todo mundo sabe o quanto se gasta em casamento e não tive nenhum problema com isso. A galera entrou no clima do casório no feriado na praia e foi super legal.

      Depois vem contar aqui no blog como está sendo a sua experiência Buca.

      Bjos

  6. Luiza

    Oi. Estou a procura de um local pé na areia para casamento. No caso do costa Norte onde vc casou só o deque é de frente para o mar e o local da festa não? Qto em média o valor do buffet? obriagada.

    1. Oi Luiza!

      O deque fica na “sequência” do salão de festas, na parte externa. Internamente você consegue ver o mar de uma das laterais do salão (foi o local onde eu coloquei a mesa de doces, dá uma olhada no post da decoração!). O que eu recomendo é que você feche a parte externa com toldo e aproveite bastante a parte externa, que é a mais bonita.

      Quanto à média de valores de buffet, na época que eu fiz a pesquisa, encontrei valores que partiam de R$ 60,00 por pessoa até 150,00 por pessoa, dependendo do que iria servir, se era com ou sem bebida, essas coisas. Normalmente, nos lugares onde há “chefs” cozinhando costuma ser um pouco mais caro.

      Bjos

  7. Oi Carol! Tudo bem?

    Estou negociando para fazer meu casamento lá no Costa Norte Ponta das Canas, assim como o seu, em Maio de 2016.

    Ainda não consegui ler todos os posts de casamento do seu blog, mas farei isso em breve, então talvez esteja peguntando algo que tenha em algum outro post.. Em que horário você fez a cerimônia? Achei aquele “piso português” da parte externa lindo, como você fez? E sobre a negociações de preço com o hotel, eles cedem em alguma coisa? Parabéns pelo blog! É ótimo!

    1. Oi Cibelle!

      O começo de Maio costuma ser um mês ótimo em Floripa, nem quente de mais, nem frio de mais…mais para o final do mês a probabilidade de estar frio aumenta.

      Marquei a minha cerimônia para às 15h30min, mas acabei atrasando um pouco e acho que o casório começou lá pelas 16h15min…por aí… não chegou a ser um problema, já que quase todo mundo estava hospedado no Hotel, mas o ideal é tentar manter o horário. 😛

      Quanto ao Hotel, achei eles bem flexíveis em diversos aspectos, como deixar trazer a bebida de fora sem pagar a rolha, fiz mudanças no cardápio sem maiores problemas, e coisas do tipo… Eles costumam te oferecer sugestões de cardápio e dentro delas você faz as alterações. A comida estava realmente deliciosa, então acho que vale a pena ver o que o chef tem a dizer! 😀

      Quanto ao valor da diária, no meu caso, como fechei todo o hotel, negociei um valor especial para os meus convidados. Pelo que me lembro eles fazem esse valor especial para os convidados dos noivos, não importando muito quantos deles vão ficar no Hotel.

      Ah! Em relação ao piso, vou fazer um post sobre ele em seguida!

      Bjos

  8. Cibelle

    Oi Carol! Tudo bem? Achei que tinha deixado um comentário, mas ele sumiu! Estou negociando com o Costa Norte para fazer meu casamento em Maio do ano que vem, aí queria algumas dicas de negociação. Eles têm alguma flexibilidade quanto a valores, alterações de cardápio, negociação de tarifas de apartamentos, ou não foi possível nenhuma flexibilização em relação a proposta que eles apresentaram inicialmente?
    Seu blog é ótimo! Vou tratar de ler tudo sobre seu casamento!

  9. Camila Gerent

    Também estou vendo com o mesmo hotel e como achei seu casamento lindo, gostaria de ter alguma noção de valores. Como você mencionou, eles tem um fornecedor exclusivo para toldo, quanto custou? Você alugou tablado? Se sim, qual foi o preço? Você poderia me dizer mais ou menos quanto gastou com a decoração? Achei de muito bom gosto! Se quiser pode responder direto para o meu email. Obrigada pela ajuda!!

    1. Oi Camila! Realmente essa parte dos orçamentos é bem cansativa mesmo… fiz um post aqui falando dos custos que orcei na época.

      No deck de madeira do hotel coloquei um proteção, uma espécie de tablado, devido aos vãos entre as madeiras, para evitar acidentes com os saltinhos das convidadas…preferi não correr o risco. O custo desse tablado não foi muito alto e está lá no post orçamento.

      Boa sorte!

      Bjos

  10. Emanuela

    Olá, adoro seu site, não deixe de postar nunca. Uma dúvida (já que eu moro em joinville e quero me casar em floripa), qual mês na sua opinião é o melhor para casamento em floripa? Eu adoro casamentos na praia como foi o seu. Mas o meu temor é chover no dia. Eu fico imaginando os convidados se hospendando em um hotel lindo como esse e o mundo caindo lá fora. Fora que as fotos ficam muito mais lindas com o sol. E a beleza de casar de frente pro mar é justamente o sol. Pq se for pra pegar chuva eu continuo em joinville hahhaha. Sei que muitos põem tenda e ajuda MTO! mas antes tenda com sol do que com chuva. Você ficou com mto medo que isto acontecesse? Qual foi teu critério para a escolha da data? E os outros locais como terraço cacupe e alameda casa rosa, voce indicaria esses locais? Obrigadaaa! Bjsss

    1. Oi Emanuela! A tua preocupação é a de toda noiva que casa na Praia! hahahaha E sim, era a minha também! Com sol é sempre mais legal, mas não significa que com chuva vai ser ruim… Aliás, vi umas fotos lindas de casamento na chuva…fora que dizem que dá sorte! 😉 🙂
      Confesso que no início essa era uma preocupação mais forte…depois me dei conta que o tempo era a única coisa que, não tinha jeito, eu não ia conseguir controlar… aí desencanei! E olha que pro feriado do meu casório estava marcando chuva… Aí só me preocupei em ter um lugar confortável para os meus convidados e uma estrutura bacana de festa, mesmo se caísse o mundo (em especial os toldos)! 😀
      Só para te dar um exemplo, o casamento de uma das minhas melhores amigas, e que também foi na praia, choveu MUITO e nos divertimos MUITO tb… e olha que choveu o feriado todo, não só no dia da festa! 😮 Inclusive uma das coisas mais legais do casamento foi o banho de chuva no final da festa! 😀

      Quanto ao melhor mês, o tempo anda meio doido, então é difícil responder essa questão. Eu particularmente gosto mais do outono e da primavera… gosto da luminosidade dessa época e da temperatura, em especial no outono, que ainda parece ser a época que chove menos. Esse foi a razão pela qual escolhi o feriado de primeiro de maio, além do fato de ser feriado! 🙂 Dá uma olhada em sites com o Climatempo e Accuweater para te ajudar.

      Quanto ao terraço Cacupé e a Alameda Casa Rosa, são lugares que não conheci pessoalmente, pois fugiam da minha ideia de hospedagem e festa no mesmo lugar, então não posso te ajudar. 😦

      Obrigada pelo carinho e espero ter ajudado! Bjos e volte sempre! 🙂

      Ps. Tem uma simpatia para não chover: jogar um sabão no telhado para São Pedro/Santa Bárbara. Confesso que fiz… e deu certo! 😀 Bjoooos

  11. Milka Dias

    Preciso muito achar algum lugar que realize casamento no feriado do Carnaval em Florianópolis, pois será casamento onde muita gente estará vindo de outros Estados Norte, Nordeste,é praticamente um dia pra chegar e um dia pra voltar. Onde posso ver qual hotel-fazenda-Risort ou algo do tipo, que realize casamento e hospede base de 70 pessoas.

    1. Oi Milka! No feriado do Carnaval a ilha de Florianópolis enche muito e a locomoção (e engarrafamentos) ficam bem complicados! Então procure um hotel bem localizado, para os convidados não precisarem se deslocar muito. Dá uma olhada em algum desses , mas a empreitada não vai ser muito fácil. Depois volta aqui para contar como foi. Boa sorte! Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s